+ 55 48 3223 1232
Ronco S Texto

Como parar de roncar?

Roncar, além de ser um incômodo para quem dorme por perto, é um alerta de que algo fora do normal está acontecendo com o corpo durante o sono.  “Roncar é como a febre para um clínico geral – ela te diz que algo está errado, mas não diz o que é”, diz o Dr. M. Safwan Badr, M.D., presidente da Academia Americana da Medicina do Sono. “Quando você está roncando, você está gastando energia demais para respirar”. 

Roncar ocasiona um sono de má qualidade, que, por sua vez, traz consequências negativas para a saúde: diminui a memória, atenção e raciocínio; aumenta o risco de acidentes automobilísticos; diminui a produção de massa muscular e crescimento das cartilagens dos ossos; aumenta a chance depressão e ansiedade. 

Além disso, pode ser apenas um sintoma de uma doença mais severa: a apneia do sono. Nela, a pessoa pára de respirar até centenas de vezes durante uma noite de sono! As quedas e retomadas súbitas da oxigenação do sangue são os principais motivos para o desenvolvimento das doenças do coração, como aterosclerose, hipertensão arterial e crescimento do coração. 

Ou seja, tratar seu ronco é muito mais do que apenas estética. Geralmente o tratamento envolve uma equipe multidisciplinar, incluindo médico e dentista do sono, fonoaudióloga, nutricionista, e outros. Algumas dicas são:

Dormir de lado pode ajudar a melhorar o sono. Isto ocorre porque quando deitamos de barriga para cima, a língua relaxa e escorrega para trás, reduzindo o espaço das vias respiratórias. Deitar de lado ajuda.

Não ingerir bebidas alcoólicas antes de dormir também é eficaz. O álcool tem o efeito de relaxar os músculos, inclusive os das  vias respiratórias, reduzindo a capacidade do corpo de mantê-la contraída e com bastante espaço para a passagem de ar. 

Perder peso também pode ser positivo. A massa adicional no pescoço causa mais pressão nas vias aéreas e aumenta a chance do ronco durante a noite. 

CPAPs são aparelhos que mantêm um fluxo de ar contínuo durante toda a noite de sono e são o tratamento ideal para casos severos de apneia do sono. Contudo, não são de fácil adaptação.

Aparelhos intra orais são eficazes, levam a mandíbula e língua para frente, aumentando o espaço da passagem do ar. É importante que sejam personalizados para o formato da boca do usuário para que tenham o efeito desejado. O dentista do sono avalia se esta é a solução ideal para você e qual o modelo adequado.

Se você já tentou dormir de lado ou não ingerir bebidas alcoólicas, mas não conseguiu acabar com o ronco, marque uma consulta! Entre em contato pelos números (48) 3223-1232 ou (48) 3232-8330.

Sua saúde vale muito!

Um abraço, 

Adriane Sponchiado.